Image

Conheça um pouco mais sobre Ascenso Ferreira

“Na boca da mata, há furnas incríveis que em coisas terríveis nos fazem pensar: – ali mora o pai-da-mata! – ali é a casa das caiporas! – vou danado pra Catende, vou danado pra Catende, vou danado pra Catende com vontade de chegar…”

Salve, salve, Ascenso Ferreira! Abrimos essa conversa com um trecho do seu poema “Trem de Alagoas! ”. O poeta nasceu em Palmares em 1895, lá começou a escrever aos 13 anos de idade. Seus primeiros poemas retratam o regionalismo. Ainda jovem se mudou para o Recife, onde colaborou com diversos jornais, entre eles o Diario de Pernambuco.

A poesia de Ascenso Ferreira é um dos marcos do Modernismo brasileiro. Você pode conferir mais textos sobre o poeta no acervo Cepe Editora. Se liga no site: www.acervocepe.com.br

Faleceu no Recife em 1965, mas com sua poesia, Ascenso Ferreira segue amando e cuidando da nossa cidade. Bora cuidar também? Vamos preservar o Patrimônio Cultural da nossa cidade. Todo mundo merece conhecer.

Listar todos os poetas